PLANO DE ESTUDOS

O plano de estudos está organizado em quatro anos (240 créditos ECTS). Definimos este horizonte de quatro anos porque acreditamos que a concepção e execução do projeto e a redação da tese necessitam desse tempo de estudo, reflexão e discussão para o amadurecimento de investigação inovadora e robusta, nas fronteiras do conhecimento sociológico e que verdadeiramente as expanda.

Além dos seminários, cada doutoranda/o beneficia no primeiro ano da dedicação ao seu projeto de um/a tutor/a docente ou investigador/a de uma das instituições que colaboram no programa, e a partir do segundo ano de um/a orientador/a de tese de entre os docentes e investigadores das instituições associadas.

O primeiro ano é preenchido, além do trabalho pessoal da/o estudante, por seminários de formação avançada, atualização e aprofundamento de conhecimentos teóricos e metodológicos, cuja espinha dorsal é o desenvolvimento dos projetos individuais de doutoramento. A carga horária dos seminários é de 8 horas por semana, em horário pós-laboral (a partir da 18h), de modo a libertar o máximo de tempo para acomodar o estudo e o acompanhamento tutorial com outras atividades. As aulas semanais funcionam numa das instituições situadas em Lisboa.

O primeiro ano culmina com a discussão e avaliação dos projetos, conduzindo ao registo do projeto de tese e à emissão de um Diploma de Estudos Avançados em Sociologia. Os três anos restantes são integralmente dedicados à execução do projeto de investigação e à redação da tese, acompanhadas tutorialmente pela/o orientador/a e por sessões periódicas de discussão em seminários de investigação. O projeto de tese de doutoramento é inscrito na instituição a que pertence o/a orientador/a, mas continuará a ser discutido em seminários conjuntos e, uma vez concluído com êxito, o grau de Doutor é atribuído conjuntamente pelas quatro universidades.

Plano de estudos 1º semestre 2º semestre
1º ano Seminário Avançado em Sociologia I Seminário Avançado em Sociologia II
Seminário de Investigação I Seminário de Investigação II
Metodologia de Investigação Seminário opcional
Debates Teóricos Contemporâneos Seminário opcional
Desenvolvimento do projeto de doutoramento, acompanhado por tutor/a
2º ano Seminário de Investigação III
Investigação, redação e discussão com orientador/a
3º ano Seminário de Investigação IV
Investigação, redação e discussão com orientador/a
4º ano Seminário de Investigação V
Investigação, redação e discussão com orientador/a
Apresentação da tese e provas de doutoramento

Um curso orientado para as necessidades e o projeto individual de cada estudante, mas gerando aprendizagem coletiva.

Os seminários de Metodologia de Investigação e de Debates Teóricos Contemporâneos aprofundam e atualizam conhecimentos teóricos e metodológicos indispensáveis ao desenvolvimento dos projetos pessoais de doutoramento. Os dois Seminários Avançados em Sociologia proporcionam contacto com problemas, métodos e resultados de projetos recentes ou em curso, apresentados por investigadores de todas as instituições associadas.

A oferta de seminários opcionais, no segundo semestre de cada ano letivo, tem em conta a identificação dos interesses e das necessidades da/os estudantes, podendo um deles ser também escolhido de entre todos os seminários de doutoramento nas instituições associadas, em qualquer área de estudos das Ciências Sociais.

Os dois Seminários de Investigação no primeiro ano são preenchidos, fundamentalmente, com a discussão dos progressos dos temas e projetos de investigação apresentados pela/os estudantes, e os Seminários de Investigação dos três anos seguintes com a discussão periódica dos progressos e resultados da investigação para as teses de doutoramento.

INVESTIGAÇÃO

Os projetos individuais de tese doutoramento são acolhidos e enquadrados em linhas de pesquisa dos vários centros de investigação associados no OpenSoc, as quais cobrem um vasto leque de temas e problemáticas do conhecimento sociológico. Todas são mobilizadas pela visão diretora do programa de doutoramento, de gerar e difundir conhecimento para sociedades mais abertas e inclusivas.

Destacamos: atitudes e valores sociais; identidades, culturas e globalização; percursos de vida, desigualdades, e mobilidades; família e género; infância e juventude; políticas e ação públicas; ambiente, território, cidade e sustentabilidade; trabalho e organizações; ciência e tecnologia; saúde e envelhecimento; escola e educação.

DOUTORAMENTO EUROPEU

O título de Doctor Europaeus é um complemento ao grau de Doutor que pode ser atribuído por qualquer das universidades do consórcio OpenSoc, a requerimento da/o estudante que aí completa a sua tese, mediante a colaboração com universidades de dois outros países europeus na formação e investigação para a tese e na sua avaliação.

A rede conjugada de parcerias das instituições associadas no OpenSoc oferece um amplo leque de possibilidades de concretização dessas colaborações internacionais.