EQUIPA DE COORDENAÇÃO E DOCENTES

O programa OpenSoc é coordenado por uma comissão onde estão representadas todas as faculdades e institutos associados:

O corpo docente e de investigação disponível para lecionar e orientar teses é altamente qualificado e muito diversificado, sendo composto por toda/os a/os docentes e investigadora/es das faculdades, institutos e centros de investigação associados no programa.

Apresentamos aqui os membros das equipas responsáveis pela organização dos seminários em 2017/2018.

Além destes, um conjunto mais alargado leciona sessões específicas em vários dos seminários e presta acompanhamento tutorial ao desenvolvimento dos projetos.

  • Maria João Nicolau Santos (ISEG – ULisboa): Seminário Avançado em Sociologia I
  • Marta Varanda (ISEG-ULisboa): Seminário Avançado em Sociologia II
  • Mónica Trüninger (ICS – ULisboa): Debates Teóricos Contemporâneos
  • Paula Campos Pinto (ISCSP – ULisboa): Metodologia de Investigação, Seminários de Investigação I e II
  • Rafael Marques (ISEG – ULisboa): Debates Teóricos Contemporâneos
  • Rosalina Costa (IIFA – UÉ): Métodos e Técnicas de Pesquisa Qualitativa, Seminário de Investigação IV
  • Rui Santos (NOVA FCSH), Seminários de Investigação I e II, Seminários Avançados em Sociologia I e II, Métodos e Técnicas de Pesquisa Qualitativa
  • Sara Falcão Casaca (ISEG – ULisboa): Seminário Avançado em Sociologia I, Seminário de Investigação II
  • Saudade Baltazar (IIFA – UÉ): Seminários Avançados em Sociologia I e II, Seminário de Investigação IV
  • Sofia Aboim (ICS –ULisboa): Metodologia de Investigação
  • Vanessa Cunha (ICS-ULisboa): Seminários Avançados em Sociologia I e II
  • Verónica Policarpo (ICS – ULisboa): Métodos e Técnicas de Pesquisa Quantitativa
  • Vítor Sérgio Ferreira (ICS – ULisboa): Métodos e Técnicas de Pesquisa Qualitativa, Seminário de Investigação III
  • Alexandra Pereira, Transborder Himalaya: Modelos de transnacionalismo migrante, orientada por João Peixoto (ISEG – ULisboa)
  • Andreia Nascimento, Para além do Ensino Secundário: Autonomia juvenil e mobilidade na construção dos projetos de vida ligados ao Ensino Superior, orientada por Maria Manuel Vieira (ICS – ULisboa)
  • Carla Nogueira, As comunidades sustentáveis como laboratórios de inovação social: Análise de modelos europeus para uma transição sustentável, orientada por João Filipe Marques (FE – UAlg) e Hugo Pinto (CES – UCoimbra)
  • Catarina Moreira, Constrangimento e negociação na conjugalidade, orientada por Manuel Lisboa (NOVA FCSH)
  • Carolina Conceição e Souza, A produção e o consumo de moda slow: Significados, razões e usos do vestuário em Estocolmo, Lisboa e São Paulo, orientada por Mónica Trüninger (ICS – ULisboa)
  • César Morais, Aspirações e estratégias perante o trabalho entre finalistas do ensino superior: O caso ibérico, orientada por Miguel Chaves (NOVA FCSH)
  • Clara Vital, A população portuguesa e o álcool: Convergência de género?. Orientada por Casimiro Balsa (NOVA FCSH) e Cláudia Urbano (NOVA FCSH)
  • Diana Carvalho, Transições para o trabalho na entrada para a vida adulta, orientada por Anália Torres (ISCSP – ULisboa), coorientada por Magda Nico (CIES – ISCTE-IUL)
  • Elanir Isabelle de Souza, A ajuda humanitária em resposta à crise da Síria: Perspetivas dos trabalhadores humanitários e beneficiários, orientada por João Ferrão (ICS – ULisboa)
  • Emerson Pessoa, Trânsitos transnacionais, corporais e de géneros: Trans brasileiras no mercado do sexo em Portugal, orientado por Vítor Sérgio Ferreira (ICS – ULisboa)
  • Fábio Augusto, Iniciativas de apoio alimentar: A visão dos voluntários e dos beneficiários, orientado por Mónica Trüninger (ICS – ULisboa)
  • Hélia Alves, A vitimação de jovens em Portugal: Experiências autorrelatadas, orientada por Dália Costa (ISCSP – ULisboa)
  • José Ferrari Careto, Fatores explicativos de exclusão numa sociedade digital: Lições a partir da utilização de tecnologias de self-service, orientado por Sara Falcão Casaca (ISEG – ULisboa)
  • Júlia Carvalho, Shantay, you stay!: Drag queens, dicotomias e subversão, orientada por Cláudia Casimiro (ISCSP – ULisboa)
  • Leonor Castelo, O Programa Eco-Escolas em comunidades educativas portuguesas: Affordances e constrangimentos ao desenvolvimento de competências para a ação, orientada por Luísa Schmidt (ICS – ULisboa)
  • Mafalda Nunes, Co-creating our cities: A relational approach to policy mobility in culture-led urban regeneration, Orientada por Roberto Falanga (ICS – ULisboa)
  • Maria Margarida Navalhinhas, Serviços de saúde mental e de apoio social na autonomização da pessoa em situação de sem abrigo em Lisboa (em preparação). Tutora: Marta Varanda (ISEG – ULisboa)
  • Mariana Souto Maior, A construção do género pelo grupo de pares de jovens, orientada por Maria Manuel Vieira (ICS – ULisboa)
  • Marina Saraiva, O trabalho, as relações laborais de género e seus impactos na transição para o/a segundo/a filho/a, orientada por Vanessa Cunha (ICS – ULisboa)
  • Natasha Sagardia, Soberania racional? Perspectivas sobre la utilidade del conocimiento en la construcción del bien común desde la cotidianeidad, orientada por Ana Nunes de Almeida (ICS – ULisboa) e Rui Santos (NOVA FCSH)
  • Patricia Coelho, Postos à prova: Práticas familiares de pessoas idosas em tempos de crise e de austeridade, orientada por José de São José (FE – UAlg)
  • Pedro Miguel Barreto, Liberdade e segurança: Direitos fundamentais, opções conflituais?, orientado por Luís Baptista (NOVA FCSH)
  • Rodrigo Cruz, Gays conservadores: O ativismo homossexual nas redes da nova direita brasileira, orientado por José Alberto Simões (NOVA FCSH)
  • Sara Merlini Rodrigues, (Des)fazer o género: Identidades de género em Portugal, França e Reino Unido, orientada por Sofia Aboim (ICS – ULisboa)
  • Silvia Di Giuseppe, Entre online e offline: Biografias de mulheres italianas e portuguesas na sociedade digital, orientada por Ana Nunes de Almeida (ICS – ULisboa)
  • Tatiana de Sousa, Nomadismo digital: Representações e práticas do estilo de vida e de trabalho nômade, orientada por Miguel Chaves (NOVA FCSH)
  • Vanda Gorjão, Deputadas portuguesas antes da «democracia paritária» (1975-1987), orientada por Manuel Lisboa (NOVA FCSH)

ESTUDANTES

Desenvolvem ou preparam no OpenSoc os seus projetos de tese de doutoramento em Sociologia.